semana de design de milão: conectando mentes

Algumas das grandes ideias de design que surgiram foram fortalecidas pela colaboração e confiança mútua.

A Milan Design Week é a principal temporada para designers e artistas em geral se inspirarem, conhecerem referências e novos trabalhos. Nós fomos ao evento esse ano e um dos muitos lugares legais que a Tátil visitou foi o Palazzo Litta, que abrigou a exposição “A Matter of Perception”. A edição explorou o tema “Linking Minds” (Ligando Mentes), reforçando a colaboração entre duas ou mais pessoas com o objetivo de compartilhar propósitos, ideias, conhecimentos e criar conexões. Os resultados dos projetos finais foram maravilhosos e o mais interessante é que eles surgiram a partir do troca-troca de conhecimentos, um modelo de trabalhar que acreditamos ser essencial.

O intuito principal foi criar uma atmosfera capaz de cativar as emoções das pessoas. E mais uma vez, o magnífico palácio foi preenchido com protagonistas de alto nível em design internacional, oferecendo um programa completo de palestras e entrevistas sobre tópicos atuais da área.

Dá uma olhada nos folders de alguns expositores que trouxemos diretamente de lá e conta pra gente se se você faz parte de algum projeto co-criativo:

 

 

Etnastone Series: Mesas feitas de lava de vulcão

As icônicas mesas foram fruto da parceria de longo tempo entre o designer Emmanuel Babled e a produtora Made a Mano s.r.l, sob direção de Rosario Parrinello. O conceito de design consiste na montagem de elementos como um quebra-cabeça. Esses elementos são pedaços de lava coloridos com esmalte, que juntos criam uma textura vulcânica única. O processo é totalmente artesanal, o que possibilita a elaboração de peças personalizadas.

Punkt.: Qual a sua necessidade?

Pump é um projeto de mobilidade urbana iniciado pela Punkt. A empresa de design elétrico suíço desafiou estudantes de três grandes escolas de design a criarem um produto que promovesse o ciclismo através da eletricidade de forma inovadora. Três modelos foram criados inspirados em cidades com necessidades diferentes: uma bike que utiliza um motor retroalimentado por esforço humano; uma bicicleta para dois e um modelo compartilhável, para lugares de coworking.

Yamakawa: Uma combinação encantadora

A marca apresentou um catálogo de cadeiras, sofás, mesas e acessórios projetados pelos designers Omi Tahara (Japão) e Alvin Tjitrowirjo (Indonésia). A alma dupla da coleção revela características totalmente naturais: a tradição japonesa combinada com a qualidade do rattan da Indonésia, que é dobrado à mão.

Manerba: Para quem trabalha de casa

A Manerba apresentou o “Undecided Sofa”, criado por Raffaella Mangiarotti e Ilkka Suppanen. O assento foi pensado na necessidade de inovação no home office. O nome do sofá se refere à criação de um espaço acolhedor e de conforto para momentos de decisões de negócios. Um lugar mágico para iluminar as ideias.

Ichendorf: Truque de vista

A marca trouxe uma seleção de jarros e garrafas desenhadas por Federico Angi, Cristina Celestino, Denis Guidone, Jenkins & Uhnger e Mist-o. O destaque está no efeito contrastante criado ao justapor diferentes elementos de vidro e criando um impacto visual superinteressante.