29 October 2014 | 19:30

Design Thinking

Por Coffecup

Apostando em novas formas de inovação para o mercado e para o mundo, nasce a primeira Escola de Design Thinking do Brasil.

Hoje, o mercado nos força a ser cada vez mais especialista em um determinado assunto e cada vez mais são exigidos MBAs, pós-graduações e experts de um mesmo recorte do conhecimento. Ao mesmo tempo, as empresas estão sendo pressionadas a inovar, sair da zona de conforto, seja por questões de sustentabilidade do próprio negócio ou de adequação a um novo contexto econômico e cultural.

O Design Thinking surge como uma luz aos processos de inovação porque nos ajuda a navegar entre as diversas áreas do conhecimento em um processo colaborativo, que aproveita a especialidade de cada um para a solução de problemas reais, impactando de forma positiva na vida das pessoas.

Design Thinking é uma abordagem prática centrada no ser humano, que tem como valores principais a empatia, a colaboração e a experimentação.

A empatia é a arte de se colocar no lugar das pessoas e entender seus desafios e suas oportunidades do dia a dia, é compreender onde podemos atuar para transformar a vida das pessoas.

A colaboração é um processo de geração e seleção de ideias com equipes multi e interdisciplinares, que colocam todo o seu conhecimento e sua capacidade criativa para solucionar as oportunidades e os desafios levantados na etapa de empatia.

A experimentação significa testar, colocar suas ideias na rua de forma rápida e barata para poder evoluir as soluções antes de implementá-las, é a hora de errar e aprender com os erros para que a implementação do projeto final seja mais eficiente.

A Escola de Design Thinking surge para disseminar e capacitar as pessoas nesta abordagem em uma aprendizagem prática, baseada em projetos reais apresentados por empresas.

A Escola é formada por um grupo de eternos e inquietos estudiosos e praticantes do Design Thinking, além de contar com a colaboração de feras do mercado que vão compartilhar seus conhecimentos durante as aulas.

Entre eles estão: Caio Vassão arquiteto, designer, acadêmico e consultor que trabalha com as múltiplas relações entre tecnologia, ambiente urbano e cultura contemporânea; Wellington Nogueira, fundador e coordenador geral do Doutores da Alegria; Romeo Busarello, diretor de marketing responsável por iniciativas de inovação da Tecnisa e Paulo Roberto Al-Assal, fundador CEO da Voltage, agência de tendências e insights aplicáveis ao negócio.

Taí uma oportunidade de aprender e se tornar mais um disseminador dessa abordagem que tem muito a contribuir para um mundo mais equilibrado.

Pensar na prática é colocar a mão na massa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *