11 dezembro 2014 | 9:45

O projeto dos sonhos

Por Tátil

BLOG_18_Rio2016

Um dia, recebemos uma notícia incrível. O Comitê Rio 2016 tinha aberto a concorrência da criação da marca dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Além da gente, 138 escritórios e agências se inscreveram para esse momento histórico.

Fomos a um auditório lotado com mais de 350 pessoas para entender qual era o desafio. Pegamos o briefing, colocamos debaixo do braço e chamamos todo mundo do escritório do Rio e de São Paulo para trabalharmos de forma coletiva. Mais de 100 pessoas participaram do processo, estrategistas, designers, redatores, executivos de conta, revisores, arte finalistas e produtores. Afinal, era uma grande responsabilidade sintetizar não só uma cidade, mas um país inteiro numa única marca.

Além disso, havia outros pontos importantes que a marca precisava entregar: projetar o Rio de Janeiro do futuro e o Brasil para o mundo, fugir dos clichês e ainda traduzir união, superação e otimismo, expressando os valores olímpicos. Foi um trabalho muito especial, no qual desenhamos dezenas de caminhos. Mas, um conquistou o nosso coração. Uma marca humana, feita da mistura de povos, atletas e culturas. Uma marca que acolhe com um abraço e tem um jeito apaixonante de celebrar. Uma forma que revela o Pão de Açúcar e é espelho vivo da natureza exuberante do carioca e da cidade.

A primeira marca tridimensional da história dos jogos, topográfica como o Rio de Janeiro. Uma marca escultura para uma cidade escultura.

Com a honra de ter a marca dos Jogos Olímpicos escolhida e lançada, o Comitê Rio 2016 nos brindou com outra surpresa. A pedido do Comitê Paralímpico Internacional, fomos convidados a criar a marca dos Jogos Paralímpicos sem entrar em nenhuma concorrência.

O briefing era ainda mais complexo: representar o espírito em movimento, lema dos Jogos Paralímpicos. Depois de um mergulho profundo nesse universo, convivendo com atletas e dirigentes, entendemos que tínhamos que representar, acima de tudo, a energia infinita que esses atletas têm para ultrapassar barreiras inimagináveis até chegar ao alto do pódio.

Assim como na marca dos Jogos Olímpicos, escolhemos um ícone universal. Um arquétipo com significados positivos em todas as culturas: o coração. Somamos o símbolo do infinito e criamos uma marca que representava toda a superação que existe na vida desses atletas.

E fomos além: queríamos garantir que a marca pudesse ser acessada por pessoas com qualquer tipo de limitação dos sentidos. Com isso, criamos a primeira marca multissensorial da história dos Jogos Paralímpicos com som, textura, vibração.

Mas a maior emoção ainda estava por vir. No dia do lançamento, quando Ádria Santos – a maior atleta paralímpica do Brasil – tocou a marca, foi aos prantos, comovendo todo mundo que estava à sua volta. Ela disse que aquela era a primeira vez na sua história como atleta que estava tendo acesso à marca que representava sua vida! Uma experiência que, com certeza, vamos levar para sempre na nossa memória e nos nossos corações.

 Imagens:
1 e 2. Marca Paralímpica exposta e sendo experimentada.
3 e 4. Possíveis aplicações da Marca Olímpica, uma marca escultura.
5. Estudos e roughs durante o processo de criação da Marca Oímpica.
6. Usain Bolt com a Marca Olímpica
7 e 8. Equipe Tátil São Paulo e Tátil Rio, que juntas, participaram do processo de criação das marcas.
9. Dia do lançamento da Marca Paralímpica com a presença dos atletas.
10. Lançamento da Marca Olímpica, no Reveillon de 2011, na  Praia de Copacabana.
11 e 13. Pictogramas das modalidades esportivas desenvolvidos pela equipe de design Rio 2016 ao lado das marcas.
12. Convite para palestra do Fred Gelli e Beth Lula, diretora da Marca Rio 2016, em Cannes 2014.

Veja mais nos vídeos:

Making of Rio 2016 from Tátil Design de Ideias on Vimeo.

Rio 2016 Multisensory Paralympic Brand from Tátil Design de Ideias on Vimeo.

 

Leia Também:

As marcas e o seu novo papel no mundo

Inspiração e estratégia: o núcleo de branding da Tátil 

ASSINATURA

TAGS:#tatil25anos branding evento marca marcas olimpiadas rio rio 2016 rio de janeiro Tátil Tátil 25 Anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *