10 novembro 2014 | 9:00

Será que o meio ainda é a mensagem?

Por Tátil

1-entenda-o-conceito-de-transmidia-e-a-cultura-da-convergencia

A expressão do sociólogo canadense Marshall McLuhan sempre foi cercada de alguma polêmica, grupos que concordavam, grupos que discordavam. Quando afirmou que “O meio é a mensagem”, certamente não imaginava quantos novos meios de comunicação iam surgir por aí e como, de fato, eles não são meros canais de comunicação. Na época, imagino que o que ele queria dizer era que o rádio, a TV, os jornais e as revistas já eram, em si, uma mensagem e, ao escolhê-las, parte da comunicação já estava dada, relativizando a importância do conteúdo em si. Hoje, com a imensa fragmentação dos meios, não podemos fazer a mesma afirmação. Redes sociais se proliferam, aplicativos de celular então, nem se fala. E mais: estamos falando entre nós, nem sempre com uma marca ou um canal nos intermediando.

Há algum tempo, o conteúdo ganhou um status de realeza, salvador do marketing e da comunicação. Os cursos de branded content se espalham, as plataformas de conteúdo de marca aumentam e expressões como native advertsing vão entrando na navegação nas redes sociais. De fato o conteúdo é cada vez mais importante e, se não tiver valor, vai ser pulado num click, exatamente como fazíamos quando esperávamos a hora dos comerciais para ir ao banheiro, pegar um café, dar uma voltinha pela casa (gente, me senti um dinossauro descrevendo esta cena). Então, parece que o meio não é mais a mensagem, embora em projetos de transmídia seja importante entender o que comunicar em cada plataforma para não encher o saco do público.

É nesta hora que entra um outro fator: o contexto. Entender o momento que cada pessoa está vivendo antes de sair por aí espalhando mensagens é cada vez mais importante. Esta dupla – conteúdo e contexto – deve estar na pauta de todo gestor de marca, marketing e comunicação neste tempo de alta fragmentação, que mostra que a segmentação está mesmo com os dias contados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *